porque e pra que?
eu perguntava a ela
não a ela, mas a minha alma
pois nem adiantava
pedi-la calma


nada queria saber
e a fome dela era destrinchar
e assim se machucar ainda mais
ja não se pode voltar atrás


queria porque queria se condoer
e mais uma vez se deprimir
mas não! Pra que?

Esta tudo sempre
a um toque ou clique das mãos
e eu perguntando pra que
dilacerar mais o coração?

por isso
decidi que não!

não me entendam mal amigos
é que são muitas vozes aqui dentro
remoendo!
mas eu disse que não!

decidi doma-la
não ela, mas minha alma
chega de dores
nem dois, nem mais um trauma!

sem mais perguntas
sem mais
afinal repito
já não se pode voltar atrás


2 Comments

§Anjo§ disse...

Passando rápido pra dizer que mandei seu banner para o teu e-mail!!!!! Agora é só colocar no blog!!! DEPOIS VOLTO E LEIO A POESIA COM CALMA!
Beijinhossssssssssssss
Anita do diarios-do-anjo.blogspot.com

§Anjo§ disse...

Oi Jônatas... Voltei! Lindo poema! Realmente não se pode voltar atrás...
Como sempre suas palavras se encontram com as minhas!
Não vai colocar o banner?
Obrigado por estar acompanhando o Conto, postei o final, passa lá no meu cantinho pra conferir! Espero que goste!

Beijinhos pra vc!Bye bye
Anita do diarios-do-anjo.blogspot.com