rarefeito
falta de oxigenio
é esse o efeito
pra quem prova esse veneno

rarefeito
tonturas e vertigem
é esse o efeito
pra quem inala essa fuligem

rarefeito
pensamento neutro e lento
é esse o efeito
falta de sentimento
é esse o efeito
a mentira em desalento
a verdade em constrangimento


E a mente em egoísmo
nem vontades sente mais
reage agora por instintos
na ânsia de quem procura
e nunca encontra a paz

Rarefeito
a morte em lentos passos continuos

Rarefeito
a falta do essencial

Rarefeito
o desespero que domina
a mente que em devaneios alucina
na vontade alucinógena de respirar

Inspira
Expira
se si pudesse assim pensar
seria então, única saída
para voltar a respirar

Inspira
Expira
Uma voz que vem guiar
te ensinando em passos lentos
o que quando criança aprendera a dominar

Inspira
Expira
se entregue totalmente a quem queira te salvar
talvez assim volte ao real
e reaprenda a respirar

E a realidade volte a ser
das coisas fundamentais
simplicidade extremada
cumplicidade dos casais
vida pacata e regalada
partilhada com os iguais
e também com os diferentes
que saiba se ver contente
no castelo ou no hospital
na extravagancia ou trivial

Rarefeito
a doença das alturas
Respirar
essa é a sua cura
que só podera ser sentida
Quando a pretenção do ser acabar


2 Comments

*♡* Jane dos Anjos *☆* disse...

Nossa profundo...cheguei ficar sem ar...rsrsrs...vc escreve bem...gostei desse...passando aqui pra dizer que tem uma tirinha no meu Blog que vc vai gostar de ver...beijinhos
http://artesdosanjos.blogspot.com/

Jônatas R. Santos 13º disse...

OH! Anjinho dois...rsrs....brigadu!!!!!!!!!